Conheça a praia de Ponta do Muretá

Powered by Rock Convert

Quando se pensa em Alter do Chão, as imagens que vêm à cabeça, normalmente, são as das praias da Ilha do Amor e do Lago Verde, mas o que muita gente não sabe é que o rio Tapajós oferece outras lindas praias, nas proximidades da vila. Uma das mais concorridas é a da Ponto do Muretá, que fica a cerca de três quilômetros do centro e só pode ser acessada de barco.

Famosa pelo belo pôr do sol e pelo lago que se forma na época da seca  que ocorre no segundo semestre do ano , a ponta do Muretá atrai milhares de turistas a cada estação. Além da beleza, a distância das praias mais concorridas e o passeio de barco para chegar até lá fazem dessa praia de areias brancas, água transparente e vegetação rasteira um dos passeios imperdíveis para quem vai a Alter do Chão.

Agitação noturna

Pela sua tranquilidade aliada à relativa proximidade da vila, a Ponta do Muretá é uma das prediletas para a realização de luaus e do ritual noturno chamado Piracaia.

O nome indígena — junção das palavras “pira”, que significa “peixe”, e “caia”, traduzido como fogo, mas que também pode significar assar ou queimar — designa  uma espécie de churrasco indígena, uma comilança raiz, com direito ao peixe recém-pescado sendo preparado com as técnicas ancestrais dos moradores da região.

Essas técnicas podem ser resumidas em peixe pescado na hora, grelha artesanal feita de pequenos galhos  retirados da mata e o tempero, que se resume a sal e limão acompanhado de farinha.

Enquanto o peixe é preparado e devorado, grupos de carimbó e de outros ritmos locais animam os turistas que, independentemente da experiência e do nível do molejo, se arriscam a dançar na roda. A batida do tambor é irresistível.

Powered by Rock Convert

Essa alma festiva faz da Ponta do Muretá um dos destinos prediletos para quem escolhe passar também o réveillon em Alter do Chão, seja nos barcos que fazem tours pela região seja nas festas com o pé na areia. Duas festas famosas nesse período são Anovonoamz e Vai Tapajós.

Hoteis que disponham de área de ´praia, como o Beloalter Hotel,  podem oferecer a piracaia a grupos de 10 a 70 pessoas, mediante acerto previo.

Como chegar

A Ponta do Muretá fica pertinho da vila de Alter do Chão de lancha, são dez minutos. Se for um barco maior e mais lento, um pouco mais de meia hora. O custo da passagem varia um pouco, mas o preço médio é de dez reais por pessoa. A praia é no caminho de outra atração do Tapajós, a ponta do Pindobal, localizada no município vizinho de Belterra.

A Vila de Alter Chão se localiza em Santarém, o maior município do Oeste Paraense, onde se pode chegar de avião, partindo de Belém, Brasília ou Manaus. Do centro da cidade até Alter do Chão são cerca de quarenta quilômetros.

Para aproveitar bem o passeio, você deve se hospedar na vila. Não faltam boas opções para passar alguns dias, pois são muitos os programas para os viajantes.

Quer conferir mais dicas de como fazer para conhecer a Ponta do Muretá e outras atrações do Caribe Amazônico? Entre em contato com a gente!

Powered by Rock Convert
Deixe um comentário

Share This